Penso, logo paraliso: seus pensamentos podem ser seus maiores sabotadores

Nosso organismo é dotado de sentimentos e pensamentos, e um tem influência direta sobre o outro. Quando sentimos algo bom, geralmente pensamentos positivos e produtivos também se fazem presentes, assim como bons pensamentos atraem sentimentos agradáveis. Isso é evidenciado em gestos e expressões, a exemplo do sorriso que lançamos quando encontramos amigos ou entes queridos por conta do bem-estar e satisfação que sentimos ao entrar em contato com eles. Essa energia é captada por quem estiver ao nosso redor, contagiando todo o ambiente. Já quando sentimos raiva tendemos a ter comportamentos que afastam as pessoas que estão por perto.

Muitas coisas passam por nossa cabeça ao longo do dia, e muitos indivíduos, a maior parte ( se não 100% ) do tempo, são controlados pelos sentimentos e pensamentos que muitas vezes os paralisam ou os fazem tomar decisões ineficazes. Já parou para analisar a quantidade de pensamentos que você tem diariamente? É possível que vários deles sejam de baixa qualidade. Ou seja, pensamentos inúteis e que não lhe trarão resultados positivos.

Para manter o controle da sua mente, o primeiro passo é observar a quantidade: penso muito, o tempo todo, pouco ou razoável? Depois observe a qualidade. Pensamentos de boa qualidade são aqueles que o(a) levam em direção ao que você almeja alcançar. Os pensamentos infrutíferos irão querer sempre ocupar seu tempo, o(a) entreter e afastar dos seus objetivos. Então passe a se perguntar: qual a utilidade do que estou pensando agora? Se tal pensamento para nada lhe servir, pare imediatamente e comece a pensar e fazer algo que lhe traga benefícios.

Uma forma prática que pode ajudá-lo(a) a dominar seus pensamentos é procurar respirar mais profundamente durante o dia e observar suas sensações corporais, sentimentos e conexão espiritual. Isso otimizará o funcionamento da sua mente. A meditação também pode o(a) auxiliar a perceber sua respiração e deixar você mais relaxado.

Diego Sant’ Anna

Psicólogo, Personal Wellness e Coach

Compartilhar