Amor ou crenças limitantes? Descubra qual deles está mais presente em sua vida

Me pergunto se poderei viver dignamente, explorar minhas potencialidades e ser aceito no mercado de trabalho possuindo somente uma coisa a oferecer as pessoas, o Amor. Também me questiono se ainda existe espaço para esse nobre sentimento e se há aqueles que ainda se lembram e têm interesse por ele nos dias atuais. Se terei como manter minha família num clima afetuoso entre os seres humanos. Se as pessoas ainda procuram por outras que, além de estarem dispostas a escutá-las com toda atenção, possam ajudá-las a se cuidarem mais, proporcionando apoio psicológico e emocional para que aumentem o bem-estar e satisfação.

Será que nos dias de hoje ainda existem indivíduos que querem realmente melhorar suas vidas e têm coragem e determinação para superar seus medos e ir na direção da evolução, atitude que vai de contra a crença que a vida é difícil?

De tanto ouvir nossos pais e educadores repetir diversas vezes a frase “a vida não é fácil” ao longo da nossa infância e adolescência, ela se torna tão forte e enraizada no nosso subconsciente que condiciona nosso cérebro a achar que teremos uma série de complicações pela frente. Por isso que no auge dos nossos momentos de bem-estar e prazer procuramos algum motivo para estragar tudo e confirmar essa crença para termos a sensação que estamos certo, que nada é tão simples quanto parece.

Para reprogramar o seu modo de pensar, primeiro você deve se conscientizar de tudo que acredita para entender que as informações armazenadas vieram de fora, não faz parte da sua anatomia, só então poderá perceber o quanto você foi sabotado por crenças que não fazem mais qualquer sentido para você e que pode se livrar delas quando quiser. Assim você estará pronto para a transformação, pronto para apagar rotinas, pensamentos, repetições de padrões que, inconscientemente, você absorveu dos exemplos de seus pais, dos meios sociais que conviveu, da influência midiática etc e construir uma mente de sucesso.

A vontade de mudar, de evoluir, de obter uma vida mais próspera nasce do amor próprio, que é a raiz que sustenta a força de vontade para lhe manter com pensamentos e ações necessárias para um crescimento contínuo.

E então, vai praticar mais amor ou seguir com essas crenças sabotadoras? Essa escolha só depende de você.

Diego Sant’ Anna

Psicólogo, Personal Wellness e Coach

Compartilhar